Quinta, 28 Abril 2022 12:41

Papa Francisco nomeia o monsenhor Raimundo Possidônio Carrera da Mata como bispo coadjutor de Bragança (PA)

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Papa Francisco nomeou, nesta quarta-feira, 16 de março, o monsenhor Raimundo Possidônio Carrera da Mata como bispo coadjutor da diocese de Bragança (PA). Desde 15 de fevereiro de 2020, ele vem exercendo a função de pároco da paróquia Mistério da Transfiguração do Senhor, em Ananindeua (PA).

Trajetória pessoal e eclesial 

Raimundo Possidônio Carrera da Mata nasceu em 31 de março de 1954, no distrito de Icoaracia, em Belém do Pará. Fez seus estudos fundamentais (primário e ginásio) em sua cidade natal, concluindo-os no seminário São Pio X (seminário menor da arquidiocese de Belém), onde ingressou em 1968. Estudou o clássico no seminário redentorista Santíssimo Redentor (1970-1972).

Cursou Filosofia e Teologia no Instituto de Pastoral Regional (IPAR), no período de 1973 a 1978. Foi ordenado diácono no dia 7 de junho de 1976. Nesse período, exerceu as funções de auxiliar da formação do seminário São Pio X. Sua ordenação sacerdotal ocorreu em 24 de junho de 1978.

Possui especialização em História da Igreja na América Latina, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, (1982), mestrado em História Eclesiástica pela universidade Gregoriana, em Roma (1987). Iniciou o Doutorado, ainda não concluído, em História da Igreja (2000).

Lecionou, em 1982, no Instituto de Pastoral do Regional (IPAR) Norte 2 e depois no seminário maior Nossa Senhora da Conceição da arquidiocese de Belém, com ensino nas áreas de História da Igreja do Brasil, América Latina e mundial,  História da Igreja na Amazônia, História das Religiões e Ecumenismo. Assessora diversos cursos nas áreas da religiosidade, catolicismo popular e catequese. Foi assessor de assembleias diocesanas do Regional Norte II e vice-diretor do IPAR.

De 1994 a 1999, foi diretor do seminário maior Nossa Senhora da Conceição. Também exerceu a função de cerimoniário da arquidiocese de Belém de 1989 a 2009. De abril de 2009 a março de 2010, foi administrador diocesano da arquidiocese de Belém. Recebeu o título oficial de monsenhor em 2010. Desde 2004 é vigário geral da arquidiocese de Belém, onde também exerceu, de 2004 até fevereiro de 2020, a função de coordenador de Pastoral.

Exerceu funções de pároco em diversas paróquias da arquidiocese como: Santo Antônio do Coqueiro (1980/85), paróquia Nossa Senhora de Fátima em Icoaraci (1987/88), primeiro pároco da paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz (1988/92) e primeiro pároco da paróquia Nossa Senhora da Conceição do Outeiro e Ilhas Adjacentes (1994/1999). Foi administrador paroquial de Sant’Ana (2000/2001), voltando a administrar a paróquia da Conceição em Outeiro (2001/2002). Foi pároco da paróquia São Joao Batista e Nossa Senhora das Graças (2002/2011) e em Nossa Senhora de Fátima entre de 2011 até 14 de fevereiro de 2020.

Participou como assessor de diversos encontros inter-regionais da Igreja na Amazônia (Manaus, 1997;  Manaus, 2007;  Santarém, 2012; I Encontro da Igreja na Amazônia Legal, 2012; II Encontro da Igreja Católica na Amazônia Legal, 2016;  e do  III Encontro dos Bispos na Amazônia Legal, 2018.

Colaborou com a Comissão Episcopal para a Amazônia (CEA) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBBB). Participou da Comissão organizadora do Mutirão para a Igreja na Amazônia (Brasília, 2005) e da criação da Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam, 2014). Participou da Comissão da CNBB que elaborou as Diretrizes para a Formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil, em 2019. Também participou do processo do Sínodo para a Amazônia (reuniões e assembleias preparatórias, elaboração do Instrumentum Laboris e, durante o Sínodo em Roma, da elaboração do Documento Final).

Saudação da CNBB ao monsenhor
Raimundo Possidônio Carrera da Mata

 

Brasília-DF, 16 de março de 2022

Estimado irmão, Monsenhor Raimundo Possidônio Carrera da Mata,

Recebemos com entusiasmo a notícia da sua nomeação como novo bispo coadjutor da diocese de Bragança, no Estado do Pará, onde vai se somar na colaboração ao zelo pastoral de Dom Jesus Maria Cizaurre Berdonces. Nos unimos ao Povo de Deus da Arquidiocese de Belém, no Pará, expressando agradecimento pela sua dedicação como sacerdote, com especial destaque para a sua atuação  no campo do ensino.

Agora, revestido do ministério episcopal, o senhor continua a sua missão evangelizadora na Região Amazônica, bioma que se apresenta ao mundo, segundo o Santo Padre, “com todo o seu esplendor, o seu drama e o seu mistério”.  E é da “Querida Amazônia” que destacamos um trecho para reforçar a sua missão neste território onde vem atuando em diferentes frentes tendo em vista a realização dos Sonhos do Papa Francisco para o Bioma:

Tudo o que a Igreja oferece deve encarnar-se de maneira original em cada lugar do mundo, para que a Esposa de Cristo adquira rostos multiformes que manifestem melhor a riqueza inesgotável da graça. Deve encarnar-se a pregação, deve encarnar-se a espiritualidade, devem encarnar-se as estruturas da Igreja. (…)

Sonho com uma Amazônia que lute pelos direitos dos mais pobres, dos povos nativos, dos últimos, de modo que a sua voz seja ouvida e sua dignidade promovida. Sonho com uma Amazônia que preserve a riqueza cultural que a caracteriza e na qual brilha de maneira tão variada a beleza humana. Sonho com uma Amazônia que guarde zelosamente a sedutora beleza natural que a adorna, a vida transbordante que enche os seus rios e as suas florestas. Sonho com comunidades cristãs capazes de se devotar e encarnar de tal modo na Amazônia, que deem à Igreja rostos novos com traços amazônicos”.

No desejo de que este impulso missionário seja sempre avivado, fazemos votos de um profícuo ministério na Diocese de Bragança, colaborando com a missão de Dom Jesus Maria Cizaurre Berdonces.

Que Nossa Senhora do Rosário, padroeira da Diocese de Bragança do Pará, seja sua companheira na missão.

Em Cristo,  

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB 

Dom Mário Antônio da Silva
Arcebispo eleito de Cuiabá (MT)
Segundo Vice-Presidente da CNBB 

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB 

 

Fonte: CNBB

Lido 43 vezes Última modificação em Quinta, 28 Abril 2022 12:46